Cuidados com o gatinho no inverno

Eles são peludos, então não devem sentir tanto frio… Nada mais errado! Portanto, é preciso fazer algumas adaptações na rotina para que eles continuem saudáveis e aproveitem o friozinho.

cat-1907210_1280

GATOS SENTEM FRIO?

Claro! Embora a maioria das raças tenha uma boa pelagem, não é tão abundante como nos cães, por exemplo, que têm uma dupla camada de pelos. E mesmo que no outono haja a mudança do pelo, que os prepara para a estação fria, gatos são muito sensíveis a mudanças de temperatura, mais do que nós. Enquanto a temperatura corporal média do ser humano seja de 36,5º C, a dos gatos giram em torno de 38,5º C – isso explica porque ele deve estar mais aquecido.

COMO IDENTIFICAR SE ELE ESTÁ COM FRIO

  • As extremidades, como orelhas e patinhas, que recebem menor aporte de sangue, ficam mais frias.
  • Os pelos podem ficar arrepiados.
  • Tremor muscular, calafrios e apatia podem ser sintomas de febre ou de hipotermia – e você deve leva-lo ao veterinário imediatamente.

CUIDANDO DA CASA: ONDE ELE DORME

cat-3282485_1280

  • A cama deve estar em um local quentinho – nada de deixa-lo dormir na cozinha ou na área de serviço!
  • Forre a caminha com uma manta ou mesmo um cobertor leve.
  • Antes de ele deitar, aqueça a coberta com uma bolsa de água quente (mas não a deixe ali. Retire antes de ele entrar). Isso é especialmente útil para raças sem pelo.
  • Gatos amam caixas de papelão. Espalhe algumas pelos locais onde ele costuma ficar, sempre forradas com uma manta. O papelão ainda ajuda a reter o calor corporal.
  • Se ele é do contra e não gosta de caixas, faça “ninhos” com mantas e cobertores leves nos locais onde ele costuma ficar durante o dia.

CUIDANDO DA CASA PARA MANTÊ-LO AQUECIDO

Casa totalmente fechada não é saudável para ninguém. Mas em dias muito frios, evite abrir as janelas, especialmente nos ambientes onde ele costuma ficar. Mas mantenha as cortinas abertas, para que o sol entre – ele vai deitar onde no raio de sol e ficar mais quentinho!

E se a caixa sanitária fica ao ar livre (ou na varanda do apartamento), nos dias mais frios é melhor que fique dentro de casa, em um local isolado mas mais aquecido.

Se o gatinho tem acesso ao jardim, duas coisas são importantes: certifique-se de que sua entrada em casa tenha total e fácil acesso, para evitar que ele fique preso do lado de fora por muito tempo. Se ele entra sempre por uma determinada janela, por exemplo, não esqueça de verificar se ela está aberta. E sempre que ele voltar do ar livre, seque seu pelo com uma toalha, mesmo que não esteja molhado. Só a temperatura ou o sereno já faz com que ele demore mais a se aquecer. E não descuide das patinhas: seque-as também. Se estiver chovendo, essas duas ações devem ser feitas com mais afinco.

ABAIXO A UMIDADE!

Ambientes úmidos também podem provocar doenças nesta época. Por outro lado, em ambientes com aquecedores, a umidade do ar fica mais baixa, o que também não é bom. Neste caso, coloque bacias com água ou ao menos toalhas úmidas no local. Isso previne problemas respiratórios.

EVITE ACIDENTES!

Eles vão buscar locais quentinhos. Então fique de olho:

  • Nos aquecedores de ambiente: coloque-os em local de difícil acesso.
  • Em casas com lareira: gatos adultos sabem que não devem se aproximar, mas os filhotes ainda não…
  • Na cozinha, lembre-se sempre de abaixar a tampa do fogão após utiliza-lo. E fique de olho atrás da geladeira: eles gostam de se enroscar ali.
  • E o mais importante: o carro. Eles não apenas deitam sob o carro, mas podem entrar no motor para se aquecer. Uma dica é olhar sob o veículo e dar uma buzinada antes de dar a partida, para que ele se assuste e saia.

PERGUNTAS E RESPOSTAS:

cat-3261093_1280

Devo dar banho?

Banhos não são necessário para gatos em todas as estações do ano – a não ser que sejam banhos terapêuticos, indicados pelo veterinário. No inverno é ainda mais dispensável. Mas se tiver este hábito, é essencial que ele seja muito bem seco com uma toalha felpuda e macia. Ou mesmo com o secador de cabelo, colocado a uma boa distância do gato.

E roupinhas? Posso colocar nele?

A maioria não gosta de roupas – alguns chegam a perder o equilíbrio. Mas se o seu ama ficar fashion, não há problema.  Roupinhas são especialmente indicadas para raças sem pelos, como o Sphynx.

Banho de sol está liberado no inverno?

Eles amam rolar sob o sol! Mas não se engane: mesmo no inverno, ainda se deve respeitar o horário seguro: até às 10h e após às 16h. Protetor solar para pets são um bom complemento, especialmente para gatos brancos, que têm mais propensão a câncer de pele.

Devo mudar a alimentação?

Se o gatinho é saudável e já mantém uma alimentação de qualidade, não há necessidade de mudança. Uma boa alimentação garante boa imunidade! Mas se o gatinho tem alguma doença crônica, como a Rinotrqueíte, por exemplo, ele pode precisar de suplementação vitamínica – apenas receitada pelo veterinário!

Uma boa dieta alimentar também garante a saúde do pelo e da pele, que fica mais resistente ao ressecamento.

CUIDADO REDOBRADO COM FILHOTES, IDOSOS, RAÇAS SEM PELO E OS JÁ DOENTINHOS

cat-3381745_1280

Filhotes, idosos, raças sem pelo e os já doentinhos são os que mais sofrem com a mudança de temperatura, especialmente nas regiões mais frias do país. É preciso prevenir a hipotermia, já que eles têm mais dificuldade para regular a temperatura corporal.

Filhotes: especialmente os que não têm a mamãe – já que eles ficam quase o tempo todo aconchegados e recebendo o seu calor corporal. Além disso, eles ainda não têm o sistema imunológico totalmente desenvolvido e pode ser recomendável uma dieta mais calórica – mas com a prescrição do veterinário!

Idosos: eles frequentemente têm doenças ósseas, como a artrose – processo de degeneração das articulações e que provoca mais dor quando o tempo esfria. Consulte o vet para saber como diminuir o impacto da doença nesta época do ano e como reforçar seu sistema imunológico, que também fica debilitado com a idade.

Raças sem pelo:  gatinhos Sphynx, Levkoy Ucraniano e Peterbald têm pouco ou nenhum pelo. Para eles, proteção extra e cuidados contínuos no inverno.

Doentes: assim como nós, gatinhos com problemas de saúde têm as defesas mais baixas. E estão mais propensos a doenças de inverno, como o resfriado.

PRINCIPAIS DOENÇAS QUE VÊM OU PIORAM COM O INVERNO

Rinotraqueíte: o vírus se manifesta com baixa de imunidade e isso pode acontecer com gatos em períodos mais frios. Os sintomas incluem secreção nos olhos e no nariz e espirros. Leve seu gatinho ao vet para o diagnóstico correto, já que outras doenças também produzem este sintomas.

Asma felina: a asma, ou bronquite, também pode piorar ou ter recidiva no inverno. Isso porque há diminuição do lúmen dos brônquios em temperaturas mais baixas. Leia mais sobre a doença em nosso post, publicado no último em 30 de maio.

Resfriados: sim, eles também podem pegar resfriado, especialmente no inverno. Os sintomas são produção de mais muco pelo nariz; olhos vermelhos ou lacrimejantes; espirros; apatia. Leve-o ao vet para uma avaliação, o diagnóstico preciso e o tratamento.

Proliferação de fungos: no inverno há maior proliferação de fungos. Por isso, higiene é fundamental! Por isso, escove-o regularmente; fique atento aos potinhos de comida e água, lavando-os com água quente; lave cobertas, mantas e as toalhas dele frequentemente; passe aspirador em tapetes, carpetes e mobília com mais frequência; mantenha o ambiente onde ele fica sempre bem higienizado, utilizando produtos ecológicos e sem cheiro.

 

Dica final: as vacinas protegem seu filhote o ano todo. Gatinho vacinado é gatinho protegido. Inclusive para algumas mazelas do frio. Portanto, carteirinha de vacinação em dia!

Anúncios

2 comentários sobre “Cuidados com o gatinho no inverno

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s