Cuidados com o gato idoso

 

cat-2445716_1920

Em nosso post anterior falamos da equivalência da idade gato-homem e do ciclo de vida dos nossos gatinhos.

Cada fase requer cuidados e necessidades especiais. Isso é ainda mais importante com os gatos idosos – dos 11 aos 14 anos – e geriátricos, a partir dos 15 anos. Por isso vamos dedicar este artigo aos cuidados que devemos ter com nossos velhinhos.

Nossos queridos chegam rapidamente à idade adulta. A partir dos 11 anos já são considerados idosos – é quando os cuidados devem passar a ser redobrados. Como acontece conosco: à medida que ao anos avançam, ficamos mais predispostos a doenças e aos males da idade…

cat-2445714

Além disso, as doenças mais comuns que acometem gatos idosos podem começar sem que papais e mamães percebam de imediato, já que muitas vezes eles “disfarçam” alguns de seus sinais clínicos. Portanto, a atitude mais importante a partir desta fase da vida é um check-up periódico, pelo menos a cada semestre.

Quando seu gatinho atingir 11 anos, passe a ficar atento a mudanças de comportamento e de sua fisiologia, como perda de peso sem motivo, aumento significativo da ingestão de água, micção frequente, restrição de movimentos (se ele anda com alguma dificuldade ou tem problemas para pular ou subir escadas, por exemplo, que podem ser sinais de osteoartrose) e desorientação.

Nesta fase, o bem-estar dele deve ser priorizado: coloque comida, água e a caixa sanitária em locais mais acessíveis, para que ele não precise se deslocar muito do lugar onde dorme ou costuma ficar.

As brincadeiras também se modificam. Ele mesmo não se mostrará tão predisposto às brincadeiras da juventude. É claro que isso varia de gato para gato, mas de maneira geral eles preferem joguinhos e brinquedos para se divertirem mais paradinhos.

As doenças mais comuns que podem acometer gatinhos idosos são:

OSTEOARTOSE

O QUE É: Muito comum em gatos idosos, resulta na degeneração da cartilagem e dos ossos.

O QUE ACARRETA: Restrição dos movimentos (impossibilitando saltos ou até mesmo andar) e dor.

 

DESORDENS COGNITIVAS

O QUE ACARRETA: Mudanças de comportamento como desorientação espacial (ele parece perdido); vocalização noturna; ausência de interação com pessoas; micção e defecação em locais inapropriados.

 

DOENÇA RENAL CRÔNICA (DRC)

O QUE É: Diminuição da função dos rins.

SINTOMAS: Aumento da ingestão de água, micção frequente, perda de peso e de massa muscular, constipação.

PREVENÇÃO: Alimentação rica em líquidos (sachês ou rações em lata).

 

HIPERTIREOIDISMO

O QUE É: Aumento da função da glândula tireoide.

SINTOMAS: Aumento do apetite mas com perda de peso, aumento da ingestão de água, micção frequente e comportamento agitado.

Atenção: o hipertireoidismo pode predispor a alterações cardíacas e mascarar a DRC.

 

DIABETES MELITTUS

O QUE É: Aumento da glicose no sangue.

SINTOMAS: São inespecíficos (comuns a outras doenças), como aumento na ingestão de água, perda de mesmo comendo a mesma quantidade e maior constância na micção.

Atenção: a obesidade pode predispor a Diabete Melittus.

 

DOENÇA INFLAMATÓRIA INTESTINAL (DII)

O QUE É: Inflamação crônica do trato gastrointestinal

SINTOMAS: Vômitos, diarreia e perda de peso.

 

NEOPLASIAS

Gatos idosos ou geriátricos estão mais predispostos a formação de neoplasias (crescimento excessivo, descontrolado e persistente de massa anormal de tecido). Neoplasias podem ser benignas ou malignas.

Fique atento a alguns sinais como nódulos na pele, perda de apetite com diarreia ou constipação e a sinais neurológicos.

 

Estes são apenas dicas para que você fique atento. Somente o veterinário pode detectar qual o problema, a partir do exame clínico e de exames complementares.

4_OPÇÃO_ cat-3159734_1280

Para finalizar, fique de olho no peso dele. Alterações sem motivo podem servir de sinais de alerta: perda de peso pode ser um dos sintomas clínicos de doenças renais, hepáticas, endócrinas ou neoplásicas. E ganho de peso predispõe ou agrava certas doenças. A manutenção do peso ideal favorece uma boa expectativa de vida!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s